top of page

O Que Você Precisa Saber Sobre Sexualidade.




Vamos começar a entender o que é a sexualidade.

A sexualidade é a atividade, a expressão, a disposição ou potencial dos impulsos sexuais do indivíduo.

Parece simples falando assim, mas tem uma certa complexidade, pois a sexualidade envolve tudo o que cerca o indivíduo. Ela nos acompanha por toda a vida, desde a gestação até o último dia de nossas vidas.


A sexualidade sempre foi algo cheio de tabus e mistérios.

Quando se estuda sobre a sexologia a gente nem imagina que os primeiros a falarem do assunto sexualidade foram os filósofos, como Platão, Aristóteles e Hipócrates.

Esse filósofos fizeram observações exaustivas para elaborar teorias relativas às disfunção sexual, contracepção e reprodução, legislação sexual ética, aborto…


E como naquela época não aceitavam muito bem o assunto, imagina o que aconteceu.

Foram todos perseguidos e tiveram seus estudos destruídos, porém esses mesmos estudos foram passados adiante através do ensinamento oral, não podia ter nada escrito, mas chegou um momento da nossa história, na Segunda Guerra Mundial, que as coisas mudaram e temos muitos estudos sobre o assunto.


Sei que não é isso que você quer saber sobre sexualidade, então vamos ao que interessa.




A sexualidade surge desde o nascimento e se desenvolve ao longo da vida, influenciada por uma combinação complexa de fatores biológicos, psicológicos, sociais e culturais. Desde a infância, começamos a explorar nossos corpos e a compreender sensações prazerosas, o que é natural e saudável. À medida que crescemos, nossa compreensão e expressão da sexualidade evoluem, sendo influenciadas por nossa educação, experiências pessoais, valores familiares, crenças religiosas, mídia e cultura.


O desenvolvimento saudável da nossa  sexualidade envolve a capacidade de explorar e expressar nossa identidade sexual de maneira autêntica e consensual, respeitando nossos próprios limites e os dos outros. Isso inclui o desenvolvimento de habilidades de comunicação, respeito mútuo e confiança, e a busca pelo prazer sexual de forma segura e responsável.



É importante reconhecer que cada pessoa é única em sua sexualidade, e não há uma maneira "certa". No entanto, existem alguns sinais que podem indicar problemas relacionados à sexualidade, tais como:




  1. Disfunções sexuais: como dificuldades persistentes em alcançar ou manter a excitação sexual, problemas de ejaculação precoce ou retardada, dor durante o sexo, entre outros.

  2. Dificuldades de relacionamento: conflitos recorrentes com parceiros ou parceiras relacionados à intimidade sexual, falta de comunicação sobre desejos e limites sexuais, infidelidade, entre outros.

  3. Disforia de gênero: desconforto significativo e persistente com o próprio gênero atribuído ao nascimento, podendo levar a sentimentos de ansiedade, depressão e isolamento social.

  4. Traumas sexuais: experiências passadas de abuso sexual, violência sexual ou outras formas de trauma que afetam negativamente a saúde sexual e emocional.

  5. Orientação sexual não aceita: dificuldade em aceitar ou expressar uma identidade ou orientação sexual não heterossexual devido à discriminação, estigma social ou conflitos familiares e culturais.


Quando surgem preocupações relacionadas à sexualidade, é importante buscar apoio de profissionais de saúde mental, como terapeutas sexuais, ou médicos especializados em saúde sexual. Esses profissionais podem oferecer avaliação e tratamento adequado para ajudar a resolver problemas e promover uma sexualidade saudável e satisfatória.


Ficou com alguma dúvida, ou quer saber mais sobre o assunto, entre em contato comigo e  podemos conversar mais. 



Um beijo para você e até a próxima.



0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page